logo do site

O Partido dos Trabalhadores de Maringá realiza, nesta sexta-feira (5), às 19 horas, no Colégio Estadual Doutor Gastão Vidigal, sua convenção para homologar o nome do vereador Humberto Henrique como candidato a prefeito e ainda definir as candidaturas dos vereadores da chapa. No mesmo evento, o PT deve definir pela composição com o PC do B, que indicou a professora Ana Lúcia Rodrigues, da Universidade Estadual de Maringá, como candidata a vice-prefeita.

Além do Partido dos Trabalhadores, o PROS (Partido Republicano da Ordem Social) e o PTN (Partido Trabalhista Nacional) também farão suas convenções eleitorais para a definição de coligações tanto em nível majoritário (prefeito e vice) quanto proporcional (vereadores).

Programada para ser uma grande demonstração de apoio e fortalecimento à candidatura de Humberto Henrique a prefeito, a convenção do PT reunirá, além do pré-candidato, o deputado federal Ênio Verri (presidente estadual da legenda), o vereador Mário Verri (presidente municipal da sigla), membros da executiva local, além da professora Ana Lúcia Rodrigues e integrantes das comissões executivas provisórias do PROS e do PTN.

Quem é Humberto Henrique
Formado em Ciências Contábeis, pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), Humberto Henrique é especialista em Controladoria e Contabilidade Gerencial. Empresário no ramo contábil, tem 52 anos e está no terceiro mandato como vereador. É casado, pai de duas filhas.

No exercício do mandato, tem mostrado que é possível fazer política de maneira séria, correta e transparente. Valorizando a participação popular, o vereador tem atuado com rigor na fiscalização da Prefeitura e da Câmara, criando leis que estão melhorando a qualidade de vida da população maringaense.

Sua atuação comunitária teve início aos 15 anos, em Sarandi, através da Pastoral da Juventude e das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs). Desde então, Humberto Henrique passou a ser escolhido pelos moradores para diversas funções de liderança, como a presidência da Associação Comunitária dos Jardins Liberdade e América e a coordenação do Fórum de Desenvolvimento que deu origem à Agência de Desenvolvimento Liberdade (Adascel) e ao projeto Biblioteca Digital Comunitária.

Sempre presente nas iniciativas da comunidade em busca de melhorias na condições de vida para todos, também foi conselheiro do Orçamento Participativo, durante a gestão do prefeito José Claudio Pereira Neto (PT), e do conselho local de saúde, nos anos de 2001 e 2002.

Assessoria



Facebook Youtube Flickr Twitter SoundCloud





ONLINE

Temos 64 visitantes e Nenhum membro online