logo do site

Leia Mais

Você sabia que cerca de 1,5 milhão de sacolas plásticas são consumidas a cada hora pelos brasileiros?

Sacos, saquinhos, sacolas e sacolinhas plásticas. Nós os recebemos todas as vezes que vamos às compras: na farmácia, na padaria, no supermercado. Pode parecer que são de graça, por que são distribuídas à vontade…

Errado! Todos pagam por eles: recursos naturais como petróleo e água são usados para sua fabricação, energia é consumida, e, quando as descartamos, elas ajudam a obstruir pontos de drenagem de chuvas – causando enchentes -, poluem cidades e matas, podem ser  ingeridos por animais e permanecem no meio ambiente por séculos.

Entre 500 bilhões e 1 trilhão de sacos e sacolas plásticas são consumidas por ano no mundo. A sua sacolinha pode parecer inofensiva, mas todas esses sacos e sacolinhas juntos são um perigo para a natureza.

A campanha Saco é um Saco quer chamar a atenção dos brasileiros para o consumo exagerado de sacolas plásticas.

Sacolas plásticas ajudam a impermeabilizar o solo de aterros e lixões, são a causa da morte de milhares de animais, entopem bueiros ajudando a causar enchentes, e sujam as cidades, matas, rios e oceanos.

Todo mundo usa sacolas plásticas como saco de lixo. Tudo bem. Mas tem gente que pega muito mais do que precisa. Cada brasileiro consome em média 66 sacolas plásticas por mês. Se na sua casa são 4 pessoas, vocês, juntos, consomem mais ou menos 264 sacolas por mês! Ninguém precisa disso tudo para o lixo.

Muitos países baniram as sacolas plásticas de seu dia-a-dia. No Brasil, queremos alcançar a redução do consumo de sacolas através da conscientização do cidadão, para que faça parte desse movimento mundial de respeito ao meio ambiente.

Diminuir o consumo de sacolas plásticas, adotar uma sacola retornável ou outra alternativa é uma atitude típica do consumidor consciente. Reduzir o consumo de sacolas plásticas é só o começo de uma sociedade mais sustentável.

sacolas plasticas


Conheça o site da campanha do Ministério do Meio Ambiente, "Saco é um saco": www.sacoeumsaco.com.br.



Ratos, cobras, morcegos, escorpiões, baratas... as pragas urbanas vivem à espreita de nossas casas. Na primeira das cinco reportagens de Alexandre Pôrto sobre o tema, você vai saber quais são os principais visitantes indesejados e como evitar os riscos trazidos por eles.

{audio}http://imagem.camara.gov.br/internet/midias/Radio/2011/01/rdreportagem20110121-RE1-0024-mp3-28.mp3{/audio}
Reportagem de Alexandre Pôrto, da Rádio Câmara

No dia 05 de junho comemora-se o Dia do Meio Ambiente. A criação da data foi em 1972, em virtude de um encontro promovido pela ONU (Organização das Nações Unidas), a fim de tratar assuntos ambientais, que englobam o planeta, mais conhecido como conferência das Nações Unidas.

Economia Solidária é um jeito diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver. Sem explorar os outros, sem querer levar vantagem, sem destruir o ambiente. Cooperando, fortalecendo o grupo, cada um pensando no bem de todos e no próprio bem.


Facebook Youtube Flickr Twitter SoundCloud





ONLINE

Temos 36 visitantes e Nenhum membro online